Como refinanciar um veículo não quitado?

Entenda melhor como conseguir refinanciamento, se ainda não tiver terminado de pagar o financiamento

Cada vez mais conhecido, o empréstimo com garantia de automóvel é ideal para aqueles momentos de aperto financeiro e até para a realização de planos. Se você está se perguntando como refinanciar um veículo que ainda não foi quitado, saiba que isso pode ser feito em algumas instituições.

Por isso, é importante entender em quais situações isso pode acontecer para se organizar. Entenda melhor esse assunto e quais são as vantagens de refinanciar o seu veículo!

Regras para a liberação de crédito

Ao refinanciar um veículo não quitado, o cliente, muitas vezes, precisa utilizar o dinheiro do crédito para terminar de quitar o financiamento. Isso irá depender da instituição credora, pois cada uma tem regras próprias.

Além disso, a dívida do financiamento não pode ser muito alta. Se esse for o caso, o banco poderá negar o empréstimo. Nesse tipo de situação, vale mais a pena tentar renegociar as condições de pagamento ou até mesmo fazer uma portabilidade.

De toda forma, o empréstimo só é liberado após a análise do veículo e de crédito. No que se refere ao automóvel, os bancos não costumam aceitar carros que tenham mais de 10 anos. Isso pode ser explicado pelo fato de o bem precisar estar em boas condições, pois caso haja inadimplência, ele poderá ser vendido.

?

Vantagens de fazer o refinanciamento de veículo

Por ter uma garantia de pagamento, o refinanciamento de veículo tende a ter taxas de juros mais baixas do que outros empréstimos. Desse modo, quem está com diversas dívidas pode trocá-las por apenas um débito e muito mais em conta. Ou seja, é possível utilizar o dinheiro do refinanciamento para quitar o que deve e depois pagar esse empréstimo.

O uso do crédito do empréstimo com garantia de veículo é livre. O cliente pode utilizar o dinheiro para pagar contas em atraso, fazer uma viagem, pagar uma festa ou o que quiser. Além disso, esse crédito pode ser solicitado até por quem está com o nome negativado.

Em geral, os bancos disponibilizam até 90% do valor do automóvel, de acordo com a Tabela Fipe. Então, se o carro estiver valendo R$ 30 mil — pelo modelo e ano em que foi fabricado —, o credor poderá liberar até R$ 27 mil. Porém, isso vai depender da instituição e, claro, das condições do automóvel e se está quitado ou não.

Há situações, por exemplo, em que o veículo tem um alto valor de mercado, mas o motor não está bom e a lataria está totalmente desgastada. É até possível vender esse carro, no entanto, ninguém irá querer pagar tanto por algo que poderia estar melhor.

Como refinanciar o veículo não quitado

Para entender como funciona o refinanciamento de um veículo não quitado é importante utilizar um exemplo. Se um carro vale R$ 30 mil, mas R$ 5 mil não está pago, o crédito será de até R$ 25 mil. Os R$ 5 mil restantes serão utilizados para terminar de quitar a compra do bem.

Esse tipo de refinanciamento pode ser feito tanto no banco de origem — isto é, onde foi financiado — ou em outro. Caso o empréstimo com veículo de garantia seja solicitado em outra instituição, é necessário pedir ao banco em que o carro está alienado o valor atualizado da dívida.

Sem saber qual é o valor exato a ser quitado, o cliente terá dificuldades para comparar as taxas e condições. Por isso, é muito importante fazer essa solicitação ao banco, ainda que a quitação seja realizada com o auxílio de um empréstimo de outro credor.

Solicite o refinanciamento de veículo na Melhortaxa

Para saber qual banco oferece as melhores condições de refinanciamento de veículo não quitado, faça uma simulação na Melhortaxa. Compare as taxas e os prazos de pagamento para poder escolher a melhor opção.

Aqui, todo o procedimento de solicitação de crédito pode ser feito de maneira on-line. Depois de preencher um formulário com as suas informações e necessidades, você irá receber um e-mail com as melhores propostas.

Ao escolher uma opção, o banco irá solicitar uma série de documentos que deverá ser apresentada. É importante separar esses itens o quanto antes, para garantir agilidade ao processo e, assim, o dinheiro poder ser liberado mais rapidamente.

Quando a documentação tiver sido aprovada, a instituição irá solicitar a um especialista para que avalie as condições do bem. Somente após isso ser feito é que o contrato será formulado e o crédito depositado na conta.

Agora que você já sabe como refinanciar o veículo não quitado, aproveite para comparar as taxas e economizar ainda mais. A Melhortaxa te ajuda nisso!

Veja Também