Transferência de dívida: entenda a importância

Fazendo uma transferência de dívida, é possível aproveitar todos os benefícios oferecidos ao dar seu veículo como garantia de empréstimo

Quando se está insatisfeito com os juros cobrados por um credor sobre empréstimo pessoal, cheque especial ou outro serviço de crédito, a melhor coisa a ser feita é a transferência de dívida.

Basicamente, esse processo consiste em migrar seu saldo devedor para outro banco ou, até mesmo, trocar o serviço por um refinanciamento automotivo, por exemplo.

?

Por que trocar sua dívida por um refinanciamento de veículos?

Os juros de um crédito pessoal e consignado ou, até mesmo, de cartão de crédito e cheque especial, muitas vezes, costumam ser superiores a 10% a.m. Com isso, não é difícil as pessoas começarem a sentir dificuldades para quitar uma dívida dentro do prazo, sem o risco de pagarem multas e correções.

Diante deste cenário, é normal procuramos alternativas de empréstimo com juros baixos e melhores condições de pagamento. No caso, a melhor opção é contratar o refinanciamento de veículo, ou seja, você coloca seu automóvel como garantia de empréstimo ao credor.

Um dos benefícios desta modalidade é poder usar o automóvel normalmente enquanto a dívida estiver correndo. Além disso, os juros costumam ser bem inferiores a qualquer outro serviço e o volume de crédito concedido pode chegar até a 90% do valor total do bem.

A taxa de juros do empréstimo com veículo em garantia costuma ser, em média, 1,7% a.m — índice bem inferior aos empréstimos pessoal e consignado, por exemplo. Já o prazo de pagamento pode ser de até 48 meses (4 anos), dependendo do montante concedido.

Juros abusivos no empréstimo pessoal? Troque sua dívida!

A transferência de dívida acontece toda vez que alguém deseja trocar este serviço de crédito por um mais vantajoso e melhores condições. Normalmente, isso se deve porque os juros cobrados são elevados e as possibilidades de negociação são mínimas, mediante suas necessidades.

Neste caso, nossa dica é fazer um cadastro no site da Melhortaxa na tentativa de migrar sua dívida para o mesmo ou outro banco que refinancie seu veículo. Mas, antes disso, é importante verificar quais os juros e condições oferecidas por cada instituição e se elas são vantajosas ao seu bolso.

Portabilidade de crédito: troque sua dívida por uma outra da mesma modalidade

Agora, caso já tenha um refinanciamento de veículos e está insatisfeito com as condições oferecidas pelo seu banco, também é possível fazer a portabilidade.

Como se sabe, todos os bancos e instituições financeiras não podem recusar o pedido de portabilidade, pois este processo é um direito do cliente. Além disso, é possível fazer a portabilidade quantas vezes julgar necessário ao longo dos meses e anos, não havendo restrição para tal.

Caso não saiba, a portabilidade é feita entre os dois bancos envolvidos de forma totalmente gratuita, de acordo com a Resolução nº 4.292 do Banco Central do Brasil. Portanto, se durante o processo você foi vítima de alguma cobrança indevida, é seu dever entrar em contato com o BCB e denunciar a instituição em questão por “venda casada”.

Por fim, é importante lembrar quanto a não-alteração do prazo final da dívida e sua quantidade de parcelas. Por exemplo: se ainda restam 24 prestações a serem quitadas mensalmente, isso permanecerá inalterado. No caso, apenas o valor das taxas sofre uma redução quando o novo banco passar a abrigar seu saldo devedor.

Ao trocar de dívida, conte com a Melhortaxa

Para qualquer transferência de dívida que você deseja fazer, é sempre importante contar com a ajuda de quem entende do assunto. Por essa razão, os serviços da Melhortaxa são oferecidos gratuitamente a todos os clientes a fim de migrarem seu saldo devedor para um refinanciamento de veículos.

Basicamente, basta acessar o nosso site e preencher um formulário com todas as suas informações e as de sua dívida. A partir daí, nossa equipe irá analisar seu perfil e entrar em contato com todas as propostas de crédito oferecidas pelas maiores instituições do Brasil.

Analisando qual melhor atende seu perfil, basta dar entrada no pedido de portabilidade e esperar os prazos necessários para formalizar os trâmites. Isso envolve a data limite de dois dias para o banco atual oferecer um balanço da dívida e cinco dias até apresentar uma contraproposta antes de perder o cliente.

Com todas as vantagens oferecidas pelo refinanciamento de carro, a melhor opção é se livrar dos juros do empréstimo pessoal ou outro tipo de crédito. Por isso, não perca mais tempo e entre em contato com a Melhortaxa e troque sua dívida por uma mais barata e com melhores condições de pagamento.

Veja Também