Solteiros compram mais imóveis na Bahia


Quem diria, na Bahia, os homens solteiros, na faixa de 15 e 49 anos, estão em busca de segurança financeira, mas, por enquanto, longe do altar. Segundo a Lopes Imobiliária, 64% dos compradores novos em Salvador (BA) são do sexo masculino. Desse total, 54% são solteiros e 73% correspondem a homens com a idade média de 37 anos. A maioria é brasileiro, mas 1% são de outras nacionalidades: portuguesa e chinesa.

Entre a preferência média dos baianos, estão apartamentos de dois dormitórios em bairros muito bem localizados, como o Patamares e Paralela. Porém, os mais velhos, entre 30 e 37 anos, optam por unidades de três dormitórios. Esse público, inclusive, está mais preocupado com a qualidade do investimento, ou seja, as condições de pagamento e a perspectiva de venda.

A profissão desses compradores varia um pouco. Os que mais predominam estão distribuídos da seguinte forma: 10% são empresários, 8% gerentes e 7% engenheiros. Professor, médico, administrador e autônomo  representam 5%, cada. O Comerciante responde por 4% da faixa dos solteiros que compram um imóvel; entre os analista de sistemas e advogados, esse índice chega a 3%, para cada profissão.

Conforme explica Murilo da Rocha Correia, diretor de Vendas da Lopes Bahia, a faixa etária compradora predominante reflete no percentual da população economicamente ativa da cidade. “As razões principais são que, quando estão com idade média de 37 anos, os compradores soteropolitanos já possuem estabilidade financeira; tiveram seus principais anseios realizados e conseguiram juntar uma reserva financeira para poder investir em um imóvel.” 

A pesquisa revela ainda que os casados representam 37% dos compradores; os divorciados 7% e os viúvos 2%.

 

Veja Também

Mais lidos