Setor imobiliário comemora com São Paulo

Estudos realizados no ano passado, pelo Economist Intelligence Unit (EIU), concluíram: “São Paulo é a cidade que mais evoluirá em competitividade global até 2025”. Vai ocupar o 36º lugar entre outras 120 cidades pesquisadas no mundo. Precisa ainda melhorar pontos como educação e infraestrutura. Pendências explicadas também pela quantidade de pessoas que decide tentar uma vida melhor em terras paulistanas.

Nos anos de 1776, São Paulo era constituída por 18 vilas, nove aldeias e por volta de 6.200 habitantes. Alguns anos depois, já registrava no seu censo, 38 ruas. Evoluía lentamente. O seu crescimento ganhou força no século XIX e não parou mais.  Atualmente, a cidade ocupa uma área de 1.521.101 quilômetros quadrados, e responde por uma população de mais de 11 milhões de habitantes.

Uma lista imensa de prazeres e desprazeres retrata muito bem essa cidade, adorada por quem vibra pela sua doce loucura. São pessoas que buscam no dia a dia realizar sonhos e, entre eles, o da casa própria. O mercado imobiliário e a construção civil movimentam a economia da cidade, gerando empregos, atraindo capital e  impulsionando a sua competitividade.

O ano de 2014 se inicia repleto de promessas e expectativas, com base no que já se construiu até aqui nos setores sociais, econômicos e culturais. O segmento imobiliário também tem motivos para comemorar mais um aniversário de São Paulo. Reconhece que contribui a cada ano para o progresso dessa cidade. Os seus resultados, em 2013, dão uma mostra, mais uma vez, de como que ajudam essa cidade brilhar.

O setor imobiliário em números. 

  • 3,9 milhões de domicílios*
  • 33.311 lançamentos de unidades
  • Barra Funda, Lapa, Vila Andrade, Itaim Bibi e Vila Prudente, bairros com maior número de lançamentos
  • 207.477 unidades financiadas
  • R$ 46.079.034.854 em valor financiado

Os desafios não param por aqui. O déficit habitacional de São Paulo soma mais de 400 mil domicílios.
São famílias que esperam ser acolhidas e beneficiadas por uma Política Habitacional moderna, da grandeza dessa cidade.*

 

PARABÉNS, São Paulo!

Fonte: Abecip, IBGE (2010*) e Secovi-SP

Fotos: Flavio Nodomi

 

Veja Também