Quem tem nome sujo pode fazer consórcio de imóveis?

Algumas restrições podem existir caso queira contratar um consórcio imobiliário com o nome sujo

Quem tem o nome sujo pode fazer consórcio imobiliário? Esta é a dúvida de muitos brasileiros endividados que desejam adquirir um novo lar por meio das famosas cartas de crédito. Diante disso, as restrições de contratação variam de acordo com cada administradora, não tendo regra específica.

O cuidado, neste caso, diz respeito a pagar todas as parcelas em dia, a fim de não prejudicar os demais consorciados da mesma carta. Além disso, as formas de contemplação podem sofrer uma pequena alteração caso esteja com o nome sujo no SPC e inadimplente. Confira!

?

Vale a pena participar de um consórcio nestas condições?

Como se sabe, o consórcio imobiliário pode valer a pena caso não tenha pressa em comprar um novo imóvel. Isso porque, nas duas formas de contemplação existentes (lances e sorteios), sua carta pode demorar anos até ser beneficiada e você ter todo o dinheiro em mãos.

Assim como o financiamento ou qualquer outro serviço de crédito, a restrição no nome pelo SPC ou Serasa pode impedir a contratação de um consórcio. Na maioria das situações envolvendo inadimplência, cabe lembrar, a principal causa são os famosos atrasos no pagamento das faturas do cartão e demais contas do dia a dia.

Com isso, é muito importante verificar sua situação financeira antes de adquirir uma carta de crédito para ela não se tornar uma nova dívida ao seu bolso. Lembre-se: as parcelas precisam ser pagas todos os meses e, caso aconteça um imprevisto financeiro, seu atraso pode te impedir de participar dos sorteios e lances.

Planeje-se financeiramente antes de contratar um consórcio

Quando se está com o nome sujo, é essencial estabelecer um planejamento financeiro antes de contratar uma nova dívida com os consórcios imobiliários. Por exemplo: se os juros do cheque especial e cartão já comprometem muito sua renda, não é um bom momento de contrair uma carta de crédito do consórcio.

Uma dica, neste caso, é procurar quitar todos os débitos pendentes e regularizar seu nome perante o SPC e Serasa a fim de aumentar seu score. Dessa forma, quando for contratar um consórcio, as administradoras aprovarão o crédito mais fácilmente e com menos restrições.

Outra dica importante está relacionada a economia mensal de parte do seu salário. Aplicando cerca de 10% do orçamento em investimentos de renda fixa ou variável, será possível usá-los como reserva de emergência, caso aconteça algum imprevisto financeiro.

Ao ser contemplado, preciso ter o nome limpo?

A contemplação de sua carta de crédito, caso seu pagamento esteja em dia, pode acontecer a qualquer momento via sorteios. Contudo, caso seu nome esteja sujo ou negativado, você talvez enfrentará alguns problemas ao receber o dinheiro. Isso porque, serão solicitadas pela administradora algumas garantias extras de renda.

Antes de fornecer o dinheiro ao contemplado, a administradora pode solicitar a liquidação de todas as dívidas ativas pendentes no nome da pessoa. Dependendo da situação, o auxílio de um fiador pode contribuir por agilizar este processo e limpar o nome do ganhador.

Mesmo você tendo a total liberdade em escolher qual imóvel deseja comprar com o prêmio da carta contemplada, o montante pode ir direto para a construtora ou incorporadora responsável pelo bem. Em outras palavras, a administradora precisa saber qual propriedade foi adquirida.

Até o contemplado não quitar a última parcela do consórcio, o imóvel comprado permanece registrado no nome da administradora. Além disso, durante a contemplação, alguns documentos podem ser solicitados do ganhador, tais como carteira de trabalho e os últimos holerites.

Fui contemplado com o nome sujo, e agora?

Você não precisa pegar o dinheiro da carta quando a mesma for contemplada, é possível esperar até o pagamento da última parcela do consórcio dependendo das suas necessidades. Nesse meio tempo, talvez o pagamento das dívidas seja liquidado e seu nome volte a ficar limpo no SPC e Serasa.

Mas lembre-se: não adianta nada esperar até o fim do consórcio para receber o dinheiro se não estruturou suas economias. O planejamento financeiro, no caso, deve andar lado a lado com este objetivo pois, caso contrário, nada adiantará postergar o recebimento do crédito contemplado.

Alguns contratos também oferecem a opção de te fornecer o dinheiro da carta de crédito e usá-lo como bem entender ao invés de deixá-lo exclusivo à compra de imóveis. Como cada administradora possui suas normas específicas, recomenda-se ler atentamente o contrato antes.

O consórcio imobiliário pode ser uma alternativa caso queira adquirir um imóvel a médio ou longo prazo. Faça seu cadastro aqui na Melhortaxa e passe a receber assistência completa de todos os nossos especialistas durante todas as etapas de aquisição da carta de crédito!

Veja Também