O que você precisa saber sobre análise de crédito

Entenda como os bancos fazem análise de crédito e quais fatores importam para ter a aprovação

Se você está pensando em financiar um imóvel, investir na sua empresa ou está precisando de um empréstimo bancário para realizar planos pessoais, com certeza, já ouviu falar sobre a necessidade de ter a análise de crédito aprovada para conseguir o valor necessário com o credor.

Esse procedimento, muitas vezes, é confuso para o interessado. Surgem dúvidas sobre o que é análise de crédito, para que serve e quais os critérios utilizados pelas instituições financeiras para realizar o processo.

Para evitar dores de cabeça, é fundamental se informar e preparar a documentação necessária. Confira abaixo!

O que é análise de crédito?

A análise de crédito bancário é realizada pelo banco para garantir que você, interessado em um empréstimo ou financiamento, possui capacidade financeira em arcar com a dívida contraída.

Esse procedimento visa evitar prejuízo à instituição e verificar se o interessado possui um histórico como bom pagador.

Os critérios e a documentação para ter aprovação de crédito variam da situação jurídica e empregatícia de pessoa para pessoa.

Entre os itens fundamentais, é preciso comprovação de renda, uma boa nota no cadastro positivo, estar em dia com tributos federais e trabalhistas e declaração do Imposto de Renda.

Como é feita a análise de crédito?

Os critérios da análise de crédito variam de banco para banco, mas, normalmente, possui cinco fases que avaliam os dados cadastrais, como Nome, RG e CPF, mas também deve se ter cuidado ao declarar dados sobre o cônjuge e sua ocupação profissional. A segunda etapa é verificar dados sobre inadimplência no seu nome.

Realizado essa validação inicial, é analisado o seu perfil de crédito e se ele é o esperado de acordo com o valor solicitado por você. Para isso, é usado o Score de Crédito.

Também é importante que o pagamento mensal que você irá realizar sobre o crédito não seja mais que 20% a 30% da sua renda, variando de financeira.

Análise de crédito x Risco de crédito

O conceito de análise de crédito e risco de crédito é diferente. Enquanto a análise de crédito avalia os dados do interessado, a análise de risco de crédito envolve fatores que podem mudar o contrato estabelecido e é feita no momento da concessão do valor. É um acordo entre as partes credor e tomador de crédito.

Como principal ponto que é levado em conta, é a desvalorização do contrato por mudança da classificação de risco que o interessado oferece, por exemplo, perda de parte da renda ou caso o tomador de crédito tenha dívidas em seu nome.

Como ter a sua análise de crédito aprovada

Se você enviou a sua documentação certinha e, ainda assim, teve o crédito recusado, alguns fatores podem estar influenciando este resultado.

Um deles é um baixo score. Essa pontuação demonstra ao credor que você é confiável e está em dia com as suas obrigações financeiras.

Para melhorar a sua nota, fique atento a alguns detalhes como dívidas, atraso de contas e inconstância no pedido de cartões e aumento de limite.

Se a questão for a comprovação de renda, verifique as regras específicas para profissionais autônomos, pessoas jurídicas e CLTs.

Como sair das dívidas sem fazer mais dívidas

Uma boa opção para quem precisa de crédito de forma facilitada e não quer pagar altos juros é o refinanciamento imobiliário.

Optando por essa modalidade, você oferece o seu imóvel como garantia para conseguir o empréstimo. Como é um bem que você já possui, tornando o processo mais seguro, as taxas são mais baixas.

Os juros compensam em relação ao cobrado por cartões de crédito e cheque especial. Ainda assim, é possível economizar mais encontrando a melhor solução para o seu perfil.

A Melhortaxa oferece assistência para que você consiga encontrar ótimas propostas do mercado e escolher a que mais combina com você!

Veja Também