Conhecida entre aqueles que fizeram ou estão pensando em fazer um financiamento, a taxa referencial possui uma grande importância no mercado financeiro, desde transações imobiliárias a investimentos tradicionais, como a poupança.

Mais conhecida pela sigla TR, ela é usada como uma aliada do mercado financeiro por fazer correções nos valores das prestações de um crédito imobiliário. Para entender mais sobre essa taxa, confira abaixo.

O que é taxa referencial?

A taxa referencial é um valor incidido mensalmente, que foi criada para servir de referência no Brasil. Em uma tentativa de controlar a inflação durante o governo Collor, no início da década de 90, hoje, a taxa TR é uma taxa de juros de referência usada para determinar os rendimentos de alguns investimentos brasileiros.

Em geral, ela é usada para o cálculo da rentabilidade de investimentos de renda fixa, porém, também influencia no valor das parcelas de um financiamento, como o imobiliário.

TR diária, mensal e anual

Para entender a taxa referencial, é importante que você saiba que ela possui três  variações que podem incidir em sua operação financeira: diária, mensal e anual. Conheça a definição de cada uma.

  • A taxa de referencial diária é o valor divulgado pelo Banco Central do Brasil, que corresponde a uma parcela da mensal;
  • A taxa TR mensal é o valor utilizado para fazer correções monetárias durante 30 dias,
  • A taxa anual é quando o índice apresenta somente o valor da soma dos 12 meses.

Cálculo da taxa referencial

O Banco Central do Brasil é o responsável por calcular e divulgar o índice TR. Desde o ano de 2018, a fórmula para encontrar o valor da taxa referencial baseia-se nos juros LTN (Letra do Tesouro Nacional), que envolve os seguintes termos:

  • TBF (Taxa Básica Financeira): a média dos juros usados nos CDBs (Certificado de Depósito Bancário) ofertados pelas 30 maiores agências financeiras do país;
  • R (Redutor): calculado pela fórmula — R= (a+b) x TBF
  • Variável “a”: o valor fixo de 1,005, determinado na criação da TR,
  • Variável “b”: seu valor depende do resultado da TBF divulgada mensalmente pelo BC.

Tendo o conhecimento desses itens, o próximo passo é aplicá-los na fórmula da taxa referencial: TR = 100 x {[(1+TFB 100)R] – 1}. Vale lembrar que quando o resultado for negativo, ele será considerado como 0%.

Qual o impacto da TR nos financiamentos imobiliários?

O financiamento imobiliário é um setor do mercado que é impactado pela taxa referencial. Ela afeta os valores dos parcelamentos, que são corrigidos por juros fixos mais o índice.

Em alguns casos, como o Sistema Financeiro de Habitação (SFH) da Caixa Econômica Federal, fica como responsabilidade da instituição financeira definir o valor a ser cobrado.

Conheças as soluções de financiamento com a Melhortaxa!

Vai financiar a sua casa própria? Conte com as dicas e soluções da equipe especializada da Melhortaxa. Aqui você encontra atendimento personalizado e sem burocracias. Faça sua simulação e conheça nossos serviços.   

LEAVE A REPLY

Coloque seu comentário
Please enter your name here