Escolher entre um financiamento, o pagamento à vista, o consórcio imobiliário e tantas outras opções para comprar uma casa, pode parecer difícil e complicado, já que todas essas operações oferecem vantagens e condições diferentes entre si. 

Para ajudar você, a Melhortaxa elaborou este artigo sobre consórcio imobiliário e como ele funciona. Confira abaixo mais informações sobre esse tema e tire todas as suas dúvidas. 

O que é um consórcio imobiliário? 

É importante entender o que é consórcio imobiliário antes de saber como participar de um. Ele é uma das formas pelas quais nós podemos adquirir a tão sonhada casa própria. 

Funcionando de forma bem simples, o consórcio imobiliário é um processo no qual várias pessoas se reúnem com o objetivo comum de adquirir um imóvel. Todos pagam valores mensais estipulados pela administradora do consórcio, e concorrem igualmente para receber uma carta de crédito.

Por meio da carta, é possível comprar o bem desejado com as instituições parceiras do consórcio que a aceitem. No entanto, para que isso aconteça você precisa ter a sua carta de crédito imobiliário contemplada em um dos sorteios realizados pela administradora, pois apenas depois da contemplação é possível utilizar a carta. 

Como funciona um consórcio imobiliário?

É necessário pensar no seu perfil econômico para prosseguir com a compra da sua casa dos sonhos, independentemente da forma pela qual você deseja realizar essa transação. 

E participar de um consórcio imobiliário não é diferente, você deve estar ciente do tempo que pode demorar para se mudar, assim como da quantidade e do valor das parcelas. 

Mas, afinal, como funciona o consórcio imobiliário? Ele funciona de forma bem simples: você procura uma administradora de consórcios e, após observar as condições, como as taxas oferecidas — estando incluídas as de seguro, reserva e da própria administradora — , você se cadastra para participar de um deles. 

Carta de crédito

Depois disso, é só pagar as parcelas determinadas em dia e torcer para ser sorteado e ter o seu consórcio imobiliário contemplado. Caso o sorteio esteja demorando e você deseje se mudar logo, você pode fazer lances para obter a carta de crédito mais rápido. 

Existem três tipos de lance que você pode fazer para obter a carta de crédito mais rapidamente: fixos, livres e embutidos. No entanto, para concorrer e participar, é preciso estar com o pagamento das parcelas em dia. Veja abaixo mais detalhes sobre cada um dos lances: 

  • Livre: semelhante a um leilão, o lance livre é baseado no maior valor proposto entre os participantes. A quantia mais alta transforma seu participante em vencedor;
  • Embutido: o participante não precisa ter o dinheiro em mãos, podendo oferecer a própria carta de crédito como lance. Contudo, quando for sorteado, deverá descontar o valor ofertado do que receber, 
  • Fixo: leva ao pagamento de um valor de até 50% maior em relação ao de cada prestação. Quanto mais consorciados houver, maior percentual poderá ser pago — o mínimo, nesse caso, é 25%.

Compensa participar de um consórcio? 

Muitas vezes, por ter parcelas mais caras, é normal que muitas pessoas sintam receio de participar de consórcios, com medo de não conseguir juntar mensalmente a quantia necessária para a parcela. 

No entanto, o consórcio oferece uma vantagem singular e que, no médio e longo prazo, pode ser muito atrativa. Com a ausência de juros, essa opção pode ser mais econômica que outras formas de adquirir o imóvel tão desejado, como o financiamento, por exemplo. 

Também há como antecipar o pagamento das mensalidades futuras, caso o participante tenha alguma quantia em mãos, como o FGTS e o 13º salário, por exemplo.

Diferenças entre consórcio e financiamento

Como já vimos, o consórcio imobiliário é um processo no qual várias pessoas se reúnem com o objetivo comum de adquirir um imóvel. Já no caso do financiamento, a compra ocorre de forma individual, quando o contratante entra em contato com uma instituição financeira para realizar a transação. 

Nos consórcios imobiliários você só consegue ter acesso ao bem ou à quantia que pagou quando a sua carta de crédito é contemplada. Enquanto isso não acontece, você segue pagando as prestações do consórcio e, por consequência, não pode se mudar para a residência desejada. 

Já nos financiamentos, a mudança é possível de forma mais rápida, basta apenas que o imóvel esteja concluído — no caso de quem comprou na planta — ou desocupado para mudança imediata. 

Outro ponto interessante é que, caso você desista da compra do imóvel, a facilidade de interromper o pagamento e a negociação é maior no consórcio imobiliário do que no financiamento. 

Com a burocracia bancária, você pode ter certa dificuldade para cancelar o financiamento. Já no consórcio, basta negociar com a administradora para se retirar da lista de participantes e acertar os demais detalhes.  

Informações sobre crédito pessoal aqui na Melhortaxa! 

Se você gostaria de mais informações sobre o consórcio e outras formas de crédito pessoal, confira o nosso blog! Aqui, na Melhortaxa, nós nos preocupamos em lhe passar informações corretas de forma fácil e descomplicada! Conheça mais sobre os nossos serviços e artigos! 

LEAVE A REPLY

Coloque seu comentário
Please enter your name here