Se você possui uma empresa, é fundamental que saiba exatamente o que é capital de giro, uma vez que ele influencia diretamente na saúde financeira da companhia, em possíveis cenários de crise. 

A Melhortaxa preparou um conteúdo voltado exatamente para você, que ainda tem dúvidas sobre o assunto. Confira, a seguir, o que é e a necessidade de um capital de giro em uma empresa, independentemente de seu tamanho.  

O que é capital de giro

Pode-se responder à pergunta “o que é capital de giro?” definindo-o como a reserva financeira de uma empresa. Esse valor engloba os investimentos líquidos, pagamentos a receber, valor total das contas bancárias e demais bens que podem ser facilmente convertidos em valores.

Porém, não se pode confundir o capital de giro com os investimentos fixos da companhia, que é a estrutura criada para o bom funcionamento das funções. É considerado capital de giro todo valor que você pega “emprestado” para o pagamento de despesas fixas.

Se uma venda foi realizada em junho, por exemplo, e o valor só será recebido em agosto, isso significa que o capital de giro da empresa será utilizado para o pagamento das contas fixas do mês de julho, como pagamento de funcionários.

A importância de ter um capital de giro

Uma gestão de capital de giro permite a uma empresa oferecer melhores condições de pagamento aos seus clientes, sem correr o risco de apresentar algum prejuízo. Em outras palavras, quanto maior a quantia disponibilizada em caixa, mais compras a prazo poderão ser oferecidas sem a cobrança de juros.

O capital de giro para empresas é importante pois, com esse dinheiro, é possível pagar todas as despesas ao longo do mês sem precisar mexer no patrimônio da organização. Além disso, caso alguma dívida esteja com o pagamento atrasado, uma dica é fazer um refinanciamento.

Como calcular o capital de giro

A fórmula para o cálculo do capital de giro de uma empresa se resume em CGL = AC – PC. Tais siglas correspondem, respectivamente, a Capital de Giro Líquido, Ativos Circulantes e Passivos Circulantes.

Os Ativos Circulantes representam o total de dinheiro disponível para gastos com funcionários e melhorias de uma empresa. Já os Passivos Circulantes mostram as fontes de recursos existentes — quanto maior for o valor PC, melhor será.

Dicas de como usar o capital de giro

Após aprender o que é e a necessidade de um capital de giro, chegou o momento de saber algumas dicas sobre como usá-lo corretamente e evitar possíveis prejuízos. A primeira coisa a ser feita, nesse caso, é eliminar quaisquer gastos desnecessários capazes de provocar um rombo nos cofres da empresa futuramente.

Negociar com os clientes e oferecer melhores condições de pagamento pode ser uma maneira de perdê-los e fechar no vermelho. Mas atente-se quanto ao comportamento da concorrência e verifique até quanto de vantagem você poderá proporcionar.

Caso tenha algum débito aberto e os juros correrem diariamente, procure fazer um refinanciamento. Dessa maneira, será possível renegociar o saldo devedor com juros mais baixos e maior prazo de pagamento. Mas lembre-se: só faça isso caso tenha capital suficiente para quitar as prestações ao longo dos meses.

Conte com a assessoria da Melhortaxa

Agora que você sabe o que é capital de giro e sua importância, conte com a ajuda da Melhortaxa para fazer um financiamento para a abertura de sua empresa ou um refinanciamento para criar — ou melhorar — o capital de sua companhia. Nossa assessoria busca os melhores valores de taxas e juros do mercado de acordo com o seu perfil! 

LEAVE A REPLY

Coloque seu comentário
Please enter your name here