SP: Imóveis em estoque tornam mercado atraente

Recorde de unidades disponíveis cria boas oportunidades de compra

Ainda que a crise impulsione a alta no custo de produção e pressione o preço dos empreendimentos imobiliários para cima, a oferta maior que a procura realiza o movimento inverso. Isso faz com que não haja alta nem baixa no preço dos imóveis, mas a busca por liquidez do estoque fez com que construtoras e incorporadoras enxerguem nos descontos uma maneira de manter o setor aquecido em meio à crise econômica do país.

Momento oportuno para bons negócios - Diversos fatores compõem o preço de um imóvel, no entanto, o lucro das construtoras é a única porcentagem passível de redução nesse momento. Com o objetivo de girar capital, boa parte das construtoras e incorporadoras estão diminuindo drasticamente a margem de lucro. Esse panorama faz com que o interessado na compra de um imóvel esteja diante de uma excelente oportunidade de adquirir uma casa em condições bastante favoráveis.

Vale ressaltar que a boa fase tem prazo de validade, já que ao final do excedente de unidades disponíveis, os descontos cessarão e os imóveis voltarão a ter as condições habituais, já que não há expectativa de queda dos outros itens que compõem o preço final dos imóveis. Ou seja, a hora de sair em busca de bons negócios no setor imobiliário é essa!

Boas oportunidades em São Paulo - O maior mercado imobiliário do país é a cidade de São Paulo. Dados do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP) revelam que o município conta com um número recorde de unidades à venda, cerca de 28 mil. A oferta faz referência a imóveis residenciais na planta, em construção e prontos.

Em setembro, diversas construtoras promoveram feirões de imóveis na capital paulista buscando atrair compradores e reduzir as unidades em estoque. Even e PDG se destacaram nas campanhas de desconto. Com o "Even Day", era possível conseguir descontos de até 50% em unidades residenciais e comerciais da incorporadora. Já no "Setembro à vista" da PDG, os interessados podem encontrar robustos descontos à vista em imóveis residenciais, comerciais e lotes. 

Disputa por clientes cresce entre os bancos - Com o recente anúncio de mais um aumento na taxa de juros para financiamento pela Caixa Econômica Federal, principal agente de crédito imobiliário do país, os demais bancos acirraram a concorrência pelos clientes interessados nessa modalidade de empréstimo. "Mais do que nunca, interessados em aproveitar as boas oportunidades decorrentes da robustez do estoque devem realizar uma pesquisa minuciosa. E essa dedicação deve estar presente em todas as etapas da aquisição, desde a busca pelo imóvel adequado às suas necessidades até o levantamento das taxas e políticas de todas as instituições financeiras para financiamento imobiliário", aconselha Rafael Sasso, mestre em finanças.

Portanto, a palavra de ordem para desfrutar ao máximo do atual cenário do mercado imobiliário é pesquisa. Qual região apresenta as melhores oportunidades de compra? Há expectativa de valorização dessa região? As metragens do imóvel são compatíveis com seu planejamento familiar a longo prazo? Você conhece as exigências bancárias para concessão de financiamento imobiliário? É fundamental que, antes da compra, todos os pontos em torno da aquisição de um imóvel sejam levantados e esclarecidos.

Possui dúvidas sobre o processo de obtenção de crédito imobiliário? Fale conosco! A Melhortaxa pesquisa, compara e entrega as melhores propostas de financiamento imobiliário das maiores instituições financeiras do país e indica a melhor opção de financiamento para seu perfil financeiro, sem cobrar nada por isso. Faça já uma simulação!

Compartilhe
Veja Também