É comum encontrarmos pessoas que sonham em morar em bairros antigos, com apartamentos com mais de 20 anos. O motivo? O tamanho desse tipo de imóvel. Normalmente contam com mais de 120 metros quadrados e um pé direito alto. Essas características dificultam sua disponibilidade; e, quando há a sorte de encontrá-lo, não há como escapar da reforma. Portanto, é recomendável reservar um valor para deixar o imóvel com a sua cara, e fazer valer o investimento.

Muitas vezes é necessário trocar toda a fiação, até mesmo o encanamento. E é importante que o morador não saia quebrando tudo sem orientação, já que isso pode resultar na perfuração de canos e gastos imprevisto. Por isso, é importante recorrer a um arquiteto com experiência e ter acesso às plantas da estrutura do apartamento.

Um profissional experiente vai saber valorizar características importantes do imóvel durante a reforma. Em São Paulo, por exemplo, há muitos edifícios projetados por arquitetos reconhecidos que merecem alguma atenção, pois são verdadeiras obras-primas. Dois bons exemplos são o Copan, localizado no centro da capital paulista, de Oscar Niemeyer (1951) e o Edifício Guaimbê, nos Jardins, de Paulo Mandes da Rocha (1965). 

A localização dos imóveis antigos também está entre os itens que mais atraem compradores, já que um bom bairro acarreta vantagens como fácil acesso, opções de transporte público e presença de praças e áreas arborizadas no entorno. Em Porto Alegre, por exemplo, é muito difícil encontrar um imóvel para comprar em bairros como Centro, Bom Fim, Independência, Moinhos de Vento e Rio Branco. Por ali, praticamente não há mais espaço para novos empreendimentos.

Segundo a imobiliária gaúcha Crédito Real, “a procura por imóveis usados antigos ainda movimenta o mercado. Das vendas de apartamentos realizadas do início do ano até aqui, 20% correspondem a unidades usadas, com mais tempo de construção”.

Para financiar esse tipo de imóvel com segurança, procure a Melhortaxa. A sua equipe pode ajudá-lo a encontrar uma linha de crédito ideal às suas condições econômicas. Os especialistas pesquisam os bancos e analisam as propostas antes de apresentá-las a você. E o serviço é totalmente gratuito!