Imprevistos financeiros acontecem e, muitas vezes, para reorganizar as dívidas, é necessário recorrer a alguma linha de crédito. Porém, elas costumam fazer algumas exigências e, nesse caso, surge a dúvida: é possível fazer o refinanciamento de veículos com o nome sujo para quitar as dívidas?

O que é refinanciamento de veículos

Ao buscar por opções de obter dinheiro para quitar dívidas ou demais ações que exijam um valor maior, é comum encontrar entre as pesquisas as opções de refinanciamento. Mas, afinal, o que é um refinanciamento de veículos?

Refinanciar um veículo consiste em pegar um crédito em uma instituição financeira e deixar o seu veículo como garantia de pagamento da dívida. Com isso, se não for possível o pagamento desse empréstimo, seu carro ou moto se torna propriedade do banco. 

Pelo fato do banco encarar que não terá prejuízos caso o solicitante não quite sua dívida, os juros dessa linha de crédito costumam ser baixos, se comparados com os cobrados nos empréstimos pessoais. 

Como funciona o refinanciamento de veículos

Para fazer um refinanciamento de veículo é importante que o carro tenha menos de 10 anos de fabricação. Quanto mais novo e mais caro for o seu automóvel, maior será o crédito liberado pela instituição financeira. 

É importante ressaltar, ainda, que a avaliação do carro é feita com base na Tabela Fipe, e o crédito liberado no refinanciamento pode chegar bem próximo da metade do valor do automóvel — desde que o total do crédito não comprometa mais de 35% de sua renda.

Para ter uma noção de quanto poderá ser liberado de crédito ao refinanciar o seu carro, basta fazer uma simulação de crédito

Refinanciamento de veículos com o nome sujo

Uma das principais dúvidas nesse assunto é a possibilidade de solicitar um refinanciamento de veículos com o nome sujo. Geralmente, as instituições financeiras não liberam o crédito para quem está com restrições no CPF por acreditarem que a pessoa não será capaz de pagar essa dívida.

Mas alguns bancos podem liberar. Nesse caso, o que acontece é que os juros aplicados ao refinanciamento de veículos para quem tem nome sujo será muito mais altos, e isso pode fazer com que a dívida se torne maior do que deveria. 

O veículo precisa estar quitado

É possível fazer o refinanciamento de carro que não esteja quitado. Nesse caso, a ação fica conhecida como refinanciamento de veículo alienado e parte do crédito solicitado é destinado para pagar o valor que falta para quitar o veículo. O restante do dinheiro é destinado ao solicitante. 

Um ponto importante a ser reforçado por quem pretende fazer o refinanciamento de veículos, com nome sujo ou não, é de que o automóvel precisa estar no nome do solicitante. Caso contrário, não será possível obter o crédito.

Negocie suas dívidas antes de solicitar o refinanciamento

No caso de solicitar o refinanciamento de veículos com nome sujo e ter o crédito negado, tente negociar suas dívidas. Com o nome limpo, será mais simples de conseguir o valor necessário — ou parte dele — para se reorganizar financeiramente. 

Negociando suas dívidas e fazendo o pagamento da primeira parcela desse acordo, as empresas e demais companhias têm até cinco dias úteis para retirar o CPF dos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito, como o SPC. 

Considere outras opções de crédito

Caso não seja possível realizar o refinanciamento de veículos com o nome sujo, ou não consiga uma negociação, há outras linhas de crédito a considerar, como o crédito consignado, que pode ser solicitado mesmo com restrições no CPF.

Independentemente da linha de crédito solicitada, conte com a ajuda da Melhortaxa e tenha as menores taxas de juros do mercado, de acordo com o seu perfil. Nossos profissionais estão à disposição para buscar os melhores valores de refinanciamento para você. Confira! 

LEAVE A REPLY

Coloque seu comentário
Please enter your name here