Os consumidores têm a faca e o queijo na mão. É o que afirmam os especialistas em mercado imobiliário diante dos estoques de imóveis das principais cidades brasileiras. Em São Paulo, o estoque de imóveis residenciais prontos é recorde, com mais 31 mil unidades à espera de comprador. Os dados são da consultoria Geoimovel. Historicamente, a média registrada na capital paulista é de 17 mil.

No Rio de Janeiro, o número de estoque atual é de 11 mil. Já em Belo Horizonte, 4.768 unidades prontas ainda não foram vendidas.

“É um excelente momento de comprar à vista, porque o poder de barganha pode aumentar. É a hora de fazer propostas indecentes. O jogo virou, assim como, entre 2008 e 2011, a faca e o queijo estavam com as incorporadas, agora é o consumidor quem manda”, afirma Celso Amaral diretor corporativo do Geoimovel. Nesse cenário, a exemplo do que já fizeram ano passado, a previsão é que as construtoras reduzirão os lançamentos em 2015.

 

Fonte: El País