Entre as várias porcentagens e taxas que devem ser analisadas nos contratos de crédito habitacional, estão as do seguro de financiamento imobiliário, que são a DFI (Danos Físicos ao Imóvel) e a MIP (Morte e Invalidez Permanente), ambas obrigatórias. 

Mas por que esses seguros são obrigatórios e o que, exatamente, eles protegem? Para tais questões e demais informações importantes sobre esses dois seguros embutidos no financiamento imobiliário, confira o conteúdo exclusivo que a Melhortaxa preparou.

O que são esses seguros imobiliários? 

Em um contrato de financiamento, seja ele auto ou imobiliário, há detalhes que, muitas vezes, passam despercebidos pelo mutuário. Mesmo com a emoção de realizar o sonho da compra de um veículo ou casa própria, é necessário se atentar a esses detalhes, que trazem, inclusive, informações importantes sobre os seguros obrigatórios.

O seguro de financiamento imobiliário, na verdade, são dois: um que protege o imóvel (DFI) e outro que protege o pagamento do valor parcelado (MIP). Eles são obrigatórios e podem representar até 3% do crédito. Apesar disso, eles são importantes para ambas as partes, protegendo-as de possíveis imprevistos. 

Até 2018, não havia qualquer um dos seguros no Minha Casa Minha Vida realizados pelo banco Caixa Econômica Federal, mas, atualmente, a instituição financeira incluiu o DFI e o MIP em seus contratos, além de um auxílio-funeral em caso de morte de um dos mutuários. 

MIP

O MIP é o seguro do financiamento imobiliário que protege a instituição financeira e, também, o mutuário, uma vez que envolve o pagamento do crédito habitacional solicitado. 

No caso de morte ou invalidez de um dos titulares do contrato — quando há composição de renda —, ele pode ser acionado e as parcelas da linha de crédito são quitadas integralmente. Contudo, esse seguro não é válido em caso de suicídio.

O MIP é calculado com base na idade do mutuário, em que há uma alíquota para cada faixa etária, mensalmente atualizada e multiplicada no valor das parcelas restantes do financiamento. Nesse caso, quanto maior a idade do solicitante, maior o valor do seguro.

DFI

O DFI é o seguro, no financiamento imobiliário, que protege o mutuário de possíveis eventualidades que aconteçam ao imóvel em questão, como desastres naturais — vendavais, desmoronamentos e inundações. 

Neste caso, o seguro contratado fica responsável pela cobertura dos prejuízos, protegendo tanto o mutuário quanto a instituição financeira responsável pelo financiamento imobiliário, uma vez que esse tipo de imprevisto pode comprometer o pagamento das parcelas. 

O seguro de financiamento imobiliário DFI é calculado com base no valor de mercado da propriedade financiada. Assim, supondo que a base de sua alíquota seja de 0,00899% e o imóvel seja avaliado em R$ 300 mil, o valor do DFI seria de R$ 26,97 por mês, uma vez que a alíquota seria multiplicada pelo valor do imóvel. 

Quando não há a cobertura desses seguros

Assim como os demais tipos de seguro, o DFI e o MIP possuem condições as quais, em alguns casos, não há a cobertura de danos e afins. São eles:

  • Suicídio: a cobertura do seguro só é válida após dois anos da apólice entrar em vigor;
  • Morte por doença ou invalidez: só haverá a cobertura do seguro de financiamento imobiliário se a doença surgir após a assinatura do contrato ou que o mutuário não tivesse conhecimento até então,
  • Aposentadoria por invalidez: no caso de o mutuário já ser beneficiário do INSS por invalidez, a cobertura do seguro será apenas para caso de falecimento.

Seguros de financiamento imobiliário que não são obrigatórios

É normal que as instituições financeiras e os responsáveis pelos seguros de financiamento imobiliário ofereçam outros que não sejam obrigatórios. Por isso, é preciso ficar atento aos tipos de seguro que estão descritos no contrato, para que não haja gastos adicionais desnecessários ou que não tenham serventia no momento.

Além disso, é necessário se atentar aos valores que são cobrados por cada um dos serviços de seguro de financiamento imobiliário obrigatórios. Cada instituição financeira tem um valor diferente para o MIP e o DFI. Em média, os dois seguros representam 3% do valor do contrato, além dos juros que são aplicados pelos bancos.

Encontre os melhores valores de financiamento na Melhortaxa

Para encontrar os melhores valores de crédito habitacional e, consequentemente, de seguros de financiamento imobiliário, consulte um dos especialistas da Melhortaxa. Nossa equipe está preparada para encontrar as melhores condições do mercado para você realizar o sonho da casa própria sem gastos desnecessários! 

LEAVE A REPLY

Coloque seu comentário
Please enter your name here