Crédito com juros baixos gera economia

Comprar imóvel exige planejamento, mas também pesquisa. Se você pretende contratar um crédito imobiliário, precisa comparar muito bem as condições oferecidas pelos bancos. As taxas de juros cobradas no financiamento podem variar, e muito ente eles. Você chega a economizar mais de R$ 90 mil com juros se fizer pesquisa. Portanto, fique atento.

o dados do Banco Central, em maio, as taxas anuais variaram entre 6,22% a 17,68%. Anteriormente, as dificuldades eram maiores para encontrar melhores alternativas, você tinha que visitar banco por banco sem saber exatamente como avaliar e decidir pela proposta adequada ao seu perfil. Hoje, você não precisa passar por nada disso. A Melhortaxa presta um serviço online de pesquisa e consultoria que você utiliza sem precisar sair de casa nem pagar nada por ele. Ela conta com uma equipe de especialistas que entende as suas necessidades, contata os bancos, analisa as condições apresentadas e auxilia na sua escolha. Esse trabalho se estende até a assinatura do contrato.

Com esse apoio, você tem mais possibilidades de tomar uma decisão segura. Há mais de uma oferta de linha de crédito e também de cobrança dos juros. Você pode optar pelo financiamento realizado no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), que propicia taxas menores, por serem regulamentado pelo governo. Os recursos do SFH são provenientes da poupança e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Nesse caso, o valor dos imóveis financiados é de até R$ 750 mil nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal ou de até R$650 mil nos outros Estados. Se você preferir um valor acima dessa faixa, tem de contratar uma outra linha de crédito e pagar por taxas de juros mais elevadas.

Em relação aos juros do financiamento, você pode escolher linhas pré-fixadas, cujas taxas acordadas são as mesmas do início ao final do contrato, ou então pós-fixadas, com juros pré-fixados, porém corrigidos pela variação da Taxa Referencial (TR), que varia de acordo com a taxa básica de juros, a Selic.

Os juros do crédito imobiliário são os mais baixos do país, pois os bancos têm o imóvel como uma garantia. Até a quitação total do financiamento, o bem fica alienado à instituição financeira. Se as parcelas deixam de ser pagas, você pode perder o imóvel.  

Um bom motivo para planejar a sua compra, verificar os seus gastos, garantir 30% da sua renda para pagar as parcelas mensais do financiamento e reservar mais 20% para fazer a documentação e investir no acabamento - em caso de lançamento ou imóvel na planta. 

Compartilhe
Veja Também