Cores do Mundial são tendência em 2014

A Copa do Mundo, que será realizada em junho no Brasil, está influenciando até mesmo nas tendências apontadas para decorar os ambientes residenciais. O verde e o azul já estão entre os preferidos dos profissionais desse segmento. Segundo a arquiteta, Najla El Aouar, “a tendência de cor na decoração é reflexo do que dita a moda fashion”.

Os dois tons caem muito bem em paredes, cerâmicas e móveis, defende também  a arquiteta Márcia Abreu. “Pode ser usada numa única parede ou apenas em detalhes. Fica totalmente personalizado e com a cara do dono da casa.”

Para contrabalancear, o cinza é a opção para combinar com tudo, inclusive com a iluminação. As lâmpadas frias passam a predominar, ocupando o lugar das incandescentes. Entre as opções, a fluorescente, fibra ótica e LED lideram nos ambientes residenciais e comerciais.

A arquiteta lembra ainda que o investimento vale a pena, pois se paga com o tempo. Apesar de custar quatro vezes mais que a lâmpada incandescente comum, ainda é um bom negócio, considerando o custo-benefício.

“Os benefícios são vários, dentre eles, o baixo consumo de energia elétrica (reduz até 80%), a eficácia luminosa, durabilidade, sustentabilidade, praticidade de instalação das fitas de LED, variedade no leque de cores da lâmpada, potencial de alcance da luminosidade, além de não ofuscar a vista, e não queimar ou danificar superfícies próximas como tecido, estofado, couro, e até a própria pele humana”, explica a arquiteta Najla.

As cerâmicas também compõem os ambientes, podendo ser utilizadas em áreas secas e molhadas. E por fim, os móveis dão o charme à decoração, como lembra a arquiteta Letícia Costalonga. “A pintura no MDF revela um perfil de consumidor antenado e ousado, podendo abusar no uso das cores ou pontuá-las em um móvel específico. Inclusive, o uso de peças com identidade retrô e vintage continua como forte tendência, principalmente se reformadas e laqueadas com cor.”

Para levantar capital e fazer a decoração da sua casa, uma dica é fazer um refinanciamento imobiliário. Você pode pegar emprestado até 50% do valor do imóvel, dando o mesmo como garantia, que precisa estar apenas 60% quitado.

A Melhortaxa pode ajudar na escolha de um crédito mais adequado ao seu perfil. Uma equipe especializada dá consultoria técnica desde a pesquisa para encontrar boas propostas com os bancos, como também analisa todos os fatores envolvidos no contrato. Faça o seu cadastro e deixe as suas  necessidades, para a Melhortaxa retornar com boas notícias.

Fonte: A Gazeta
 

 

 

 

 

Veja Também