Como utilizar a decoração provençal em casa

Estampas delicadas, madeira pintada de branco com aspecto envelhecido e muito rosa, azul e verde em tons bem claros. Você já viu esse estilo de decoração por aí? O estilo provençal, que remete à rusticidade das casas de campo da região da Provença, na França, ganhou espaço nas lojas e revistas de decoração ao longo dos últimos anos.

Embora seja definido pela delicadeza e se aplique mais em ambientes femininos, os principais elementos do estilo podem ser adaptados e utilizados em todos os ambientes da casa. Um móvel específico ou um determinado padrão de tecido já podem, sozinhos, dar um ar provençal ao ambiente.

Bucolismo francês – Chamado internacionalmente de "French Country Style" (estilo campestre francês, em tradução livre), o estilo provençal tem como referência as antigas casas de campo da região da Provença, no sudeste da França.

Mas quem vê o ar de capricho que esse estilo proporciona pode não imaginar que tudo nasceu como um improviso das classes baixas para imitar as classes altas. Estudiosos dizem que esse estilo nasceu entre os séculos 17 e 18, na época dos reis Luíses – 15 e 16. A ideia era imitar o estilo de decoração da realeza, onde predominavam as cores claras e estampas florais.

Com recursos muito menores e materiais de qualidade inferior, os camponeses lançavam mão de alguns truques técnicos para emular o estilo real. Para disfarçar defeitos na madeira ou esconder o fato de que uma mesma peça continha ripas de diversas origens, os artesãos pintavam os móveis com uma mistura de gesso e cola, que com o tempo se desgastava e dava ao imóvel uma aparência envelhecida. Esse efeito, do móvel branco envelhecido, é um dos ícones do estilo provençal – que, modernamente, foi resgatado e ganhou o mundo na década de 1980.

Cores e peças-chave pela casa – O estilo provençal pode ser definido como um rústico delicado, bucólico. Suas peças-chave são cores em tons pálido – principalmente rosa, lilás, azul e amarelo – e terrosos, estampas florais e listradas também com cores claras, cortinas e tapetes leves. Os móveis são de madeira rústica ou pintados de branco, com aparência desgastada. Nas paredes e pisos, pedra, madeira e tijolos à mostra – pintados de branco ou não. Elementos diversos que lembrem a vida rural, como peças decorativas de ferro e vime, além de quadros campestres, completam o time. 

Romântico, ele se adapta bem a quartos femininos, cozinhas e varandas. Mas é possível adaptá-lo para ambientes mais neutros e menos intimistas. Na sala de estar e de jantar, cortinas leves, almofadas com estampas florais e quadros campestres imprimem um discreto ar provençal no ambiente sem que ele mude muito. No caso da sala de jantar, jarros, chaleiras e castiçais de ferro, ao lado dos tecidos, também ajudam na composição.

Em quartos de casal, os tons do estilo podem ser adaptados ao gosto masculino principalmente através das estampas. Ao invés de florais, invista nas listras e demais padrões que tragam cores claras, sobretudo o azul, o lilás e o amarelo. Uma penteadeira de pátina envelhecida, bem ao estilo provençal, tem o poder de tornar o ambiente delicado e sofisticado ao mesmo tempo – especialidade dos franceses.

Veja Também