Tenho contas atrasadas, e agora?

Estar com contas atrasadas é algo normal, mas que deve, ao máximo, ser evitado pelo consumidor

Se tem algo que pode atrapalhar completamente a vida financeira de alguém, são as contas atrasadas. Além de ser um peso na mente do consumidor, a inadimplência pode acarretar em sérios problemas ligados ao crédito. Ter o nome incluído no Serasa, por exemplo, é péssimo para quem estiver pensando em, um dia, adquirir um financiamento.

 

Nesse sentido, começar a tomar providências para organizar a vida financeira e não deixar que as contas atrasadas atrapalhem a vida é essencial. Confira o post abaixo da Melhor Taxa e saiba mais sobre!

O que acontece se eu estiver com contas atrasadas?

Deixar de pagar contas acaba se tornando uma verdadeira dor de cabeça para consumidor em um futuro não tão muito distante. Um dia após o vencimento de um débito atrasado, a instituição ao qual a pessoa está devendo pode entrar em contato com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e o Serasa, por exemplo.

 

Com isso, o consumidor será notificado com um prazo de até dez dias para quitar a pendência — caso contrário, seu nome estará cadastrado. Ter a identidade no cadastro de serviços de proteção ao crédito significa um série de restrições em situações envolvendo bancos e outras instituições financeiras.  

 

Tendo o nome sujo — com o CPF negativado, formalmente falando —, a pessoa terá inúmeras dificuldades em serviços bancários. Abrir uma conta corrente e uma poupança, por exemplo, terá uma maior resistência das empresas, e os cartões de crédito acabarão bloqueados em não muito tempo.

Esperar pela prescrição da dívida é uma boa ideia?

Toda dívida pode prescrever. Ou seja, o débito, após um certo período de tempo — determinado por lei —, passa a não valer mais como justificativa para o cadastro do consumidor no SPC. À primeira vista, essa situação pode parecer vantajosa, no entanto, a dívida, de forma alguma, deixa de existir e, principalmente, ser cobrada.

Mesmo caducando, a instituição prestadora de serviço pode ir à justiça exigir que o débito seja pago, caso necessário. Nesse caso, o consumidor enfrentará uma ação judicial. Por mais que o valor possa cair consideravelmente após o processo, é fato que a pessoa deverá desembolsar alguma quantia. Saber como quitar dívidas talvez seja uma ideia melhor.

Três dicas para não atrasar mais nenhuma conta

Sabendo as consequências de se ter contas atrasadas, organizar a vida financeira é um passo essencial para não cair na inadimplência de novo. Confira três boas dicas para ajudar a melhorar a sua saúde financeira:

1- Faça um planejamento financeiro

O primeiro passo para se organizar quanto às finanças é, sem dúvida, estabelecer um planejamento financeiro. Saber quanto entra e quanto sai da sua conta todo mês, por exemplo, é algo que não pode passar batido. Entender a forma com que o seu dinheiro gasto é, também, essencial. A partir disso, prioridades podem ser estabelecidas.

 

Por exemplo: caso perceba que está gastando muito com algo um pouco supérfluo, o ideal é que alguns custos sejam remanejados. Se estiver com problemas com financiamento, contas básicas atrasadas ou outros débitos, planejar-se para efetuar o pagamento a prazo é necessário para evitar que o seu nome entre no SPC.

2- Tenha uma planilha de gastos

Tendo o planejamento e as prioridades na ponta do lápis, para ajudar a tornar ainda mais eficiente o controle do dinheiro é uma boa ideia desenvolver uma planilha de contas a pagar. Esse fator se relaciona com o fato de que é essencial saber para onde os seus recursos financeiros vão ao longo do mês — ou seja, como é gasto o seu dinheiro.

Afinal, ter uma planilha e estabelecer um planejamento financeiro acaba se relacionando de forma próxima. Ao desenvolvê-la, as contas atrasadas e os custos em geral ficam mais evidentes — e, dessa forma, é mais fácil de planejar-se de forma correta e que, ao final do processo, resolva os problemas financeiros.

3- Pague contas pela internet

Há pessoas que possuem contas atrasadas porque esquecem de pagá-las ou não possuem tempo de ir até o banco. Nesse caso, o Internet Banking pode ajudar a evitar isso. Atualmente, todos as instituições financeiras possuem os seus serviços de atendimento no formato on-line — sem necessitar que o cliente saia de casa.

Qual a melhor opção de empréstimo para quitar contas atrasadas?

É verdade que existem empresas que trabalham com crédito para quem possui nome sujo, no entanto, a melhor opção de como pagar dívidas atrasadas é realizando um refinanciamento imobiliário. Caso você possua um imóvel, pode dá-lo como garantia a uma instituição financeira para adquirir um certo montante de crédito.

 

Sendo o imóvel um bem material de alto teor de garantia, o refinanciamento, além de um alto valor de empréstimo, possui prazos extensos de quitação. Para melhorar ainda mais a operação, nós pesquisamos a taxa mais vantajosa do mercado para você! Solicite um refinanciamento de imóvel em nosso site e quite as suas contas atrasadas!

Veja Também