Como funciona uma administradora de consórcio?

A administradora de consórcio é responsável por cuidar dos trâmites do processo e decidir algumas normas

Basicamente, a administradora de consórcio é quem ficará responsável por administrar os grupos que adquirirem uma carta de crédito. Para exercerem essa atividade, as empresas precisam estar regularizadas no Banco Central do Brasil de modo a garantirem maior segurança aos participantes.

Além disso, é esta empresa quem irá se responsabilizar por todos os direitos e deveres do grupo de compradores, inclusive com relação ao pagamento das parcelas mensalmente. Entenda melhor a importância de uma administradora no consórcio imobiliário e dicas de como escolher a sua!

?

A função de uma administradora

Antes mesmo de um grupo de pessoas contratar um consórcio de imóveis, a administradora já começa a exercer sua função. Isso, porque existe o trabalho de verificar quais requisitos serão necessários para um grupo contratar o crédito e planejar algumas normas internas, como a frequência dos sorteios e lances.

Quanto à realização e regularidade dos sorteios e lances a serem dados, a administradora tem o livre arbítrio para decidir seus funcionamentos. Após todo o regulamento ser decidido, é seu dever elaborar o contrato com todas as normas que deve ser assinado por ambas as partes no ato da contratação do serviço.

Após a contratação dos serviços, a administradora deve acompanhar o pagamento das prestações mensais pelos grupos interessados. Assim, em situações envolvendo inadimplência ou atraso na quitação das parcelas, será seu dever conversar com os participantes a fim de entender os acontecimentos.

As administradoras realizam, periodicamente – em geral, uma vez por mês – as chamadas assembleias, gerando expectativa por parte de quem já comprou uma carta de crédito. Afinal, nela, será conhecido o consórcio contemplado por meio dos sorteios e lances ocorridos.

No caso de grupos novos, de acordo com a lei nº 11.795/08, sua oficialização como participantes só deve ocorrer após a primeira assembleia ter sido realizada. A partir daí, a administradora deve ser capaz de manter tudo regularizado, sem lesar nenhum grupo de participantes.

Por que escolher uma boa administradora?

Diante de tantas obrigações a serem seguidas com seus clientes, a administradora de consórcio a ser contratada deve passar a sensação de confiança. Infelizmente, hoje em dia, não é difícil encontrar na internet, empresas falsas prometendo contemplações rápidas e outras jogadas capazes de atrair a atenção dos inocentes.

Como se sabe, a contemplação de uma carta de crédito pode demorar meses ou até anos para ocorrer, tornando imprevisível quando realmente irá ocorrer. Dessa forma, nenhuma administradora pode te prometer algo absurdo a fim de fazer você acreditar em uma premiação rápida.

Outro ponto importante é sempre verificar se a administradora está devidamente regularizada no Banco Central do Brasil. Caso contrário, se por acaso o grupo pagar as parcelas e a instituição não der baixa, o nome de todos os participantes entram na lista de inadimplentes sem justa causa.

3 dicas para contratar uma boa administradora

Diante da escolha de qual administradora melhor atenderá as necessidades dos grupos, prezando sempre por transparência, é muito importante saber quais critérios devem ser considerados durante a contratação. Dentre todos, listamos três considerados essenciais. Confira!

1- Verifique se a administradora é prestativa

Se durante a contratação do consórcio você reparou que a administradora demora para responder ou simplesmente deixa em aberto muitas de suas dúvidas, não é um bom sinal. Prefira sempre quem realmente lhe oferece assistência completa, capaz de esclarecer quaisquer dúvidas relacionadas ao processo.

Uma dica é sempre entrar em contato com a empresa via blog, redes sociais ou central de atendimento. Verificando sua disponibilidade e a qualidade da assistência, fica mais fácil verificar se existe segurança ou não ao adquirir uma carta de crédito desta administradora.

2- Avalie a transparência da empresa

Antes de contratar um consórcio, verifique se toda a documentação está em ordem e menciona todas as informações importantes sobre esse tipo de crédito. Diante disso, leve em consideração informações sobre a taxa administrativa, como funciona os sorteios e lances e a fórmula aplicada no reajuste anual das parcelas.

Entrando em contato com a administradora, é dever da empresa esclarecer dúvidas sobre o consórcio com a maior transparência possível. Além disso, ao assinar o contrato, leia atentamente todas as cláusulas a fim de verificar se tudo está conforme fora previamente combinado.

3- Confira sua credibilidade no mercado

Como já mencionado, é muito importante conhecer os detalhes sobre uma administradora antes de contratar seus serviços. Uma das maneiras de fazer isso é se cadastrar no site da Melhortaxa e receber todo o suporte necessário durante a contratação do consórcio.

Além do financiamento, te ajudamos a verificar qual administradora de consórcio será capaz de oferecer as melhores condições de acordo com o seu perfil. Por isso, não perca mais tempo, entre em contato conosco e faça um bom negócio!

Veja Também