Como funciona um consórcio imobiliário

O consórcio imobiliário funciona por meio de lances e sorteios onde se define a carta de crédito a ser contemplada

O Consórcio imobiliário é um tipo de financiamento disponível às pessoas físicas ou jurídicas para compra de um imóvel pronto, em construção, novo ou usado. Normalmente, ele é formado por grupos de pessoas interessadas em adquirir um novo lar e ainda não possuem todo o montante disponível para dar de entrada.

Basicamente, uma mensalidade é paga todo mês pelo grupo e o mesmo escolhe a localização e o tipo de empreendimento a ser adquirido. Uma de suas grandes vantagens é a isenção dos juros, cabendo ao interessado pagar apenas uma taxa de administração com valor entre 20% e 30% da carta de crédito.

O valor a ser quitado todo mês, cabe lembrar, não pode ultrapassar 30% da renda familiar de modo a não comprometê-la. Conheça mais informações sobre como funciona um consórcio imobiliário!

Como investir no consórcio ao comprar imóvel?

Antes de mais nada, saiba que o consórcio de imóveis é um investimento a longo prazo sem data fixa para adquirir o imóvel. Seu prazo, inclusive, pode chegar a até 15 anos, dependendo dos acontecimentos mensais nas assembleias, onde ocorre o sorteio e o lance de obtenção da propriedade ou outras cartas.

No Consórcio, você escolhe se deseja esperar o sorteio ou dar um lance fixo, embutido ou livre. Além disso, atualmente, o valor máximo de uma carta de crédito é de R$ 1,5 milhão em quaisquer estados brasileiros.

Uso do FGTS no consórcio imobiliário

Com o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), é possível dar o lance para obter a carta de crédito ou complementar seu valor e então conseguir seu imóvel. Tal recurso também pode ser utilizado caso queira amortizar a dívida, com parcelas a serem quitadas.

Graças a elevação do limite de valor a R$ 1,5 milhão, o consórcio de imóvel tem sido uma excelente opção a quem deseja adquirir um novo lar. A título de referência, somente nos últimos anos, mais de R$ 820 milhões foram usados deste recurso trabalhista nesta modalidade de crédito.

No caso, a retirada desse montante só é possível porque em 2009 foi criada a Resolução do Conselho Curador do FGTS. Com isso, esse benefício pode ser usado em amortizações, na oferta de lances e pagamento de parte dos valores das cartas de crédito.

Sorteios e lances: entenda a diferença

Mesmo os sorteios sendo a principal forma de contemplação nos consórcios imobiliário, você pode fazer uma oferta de lances fixos, livres e embutidos. Como se sabe, mensalmente, os consorciados que estão com o pagamento em dia das parcelas concorrem ao valor corresponde à carta adquirida.

Nas situações de lance fixo, o grupo de pessoas irá pagar uma porcentagem definida pela administradora sobre o valor total da carta. Normalmente, este índice varia entre 15% e 30%.

Já o lance embutido permite a utilização da futura carta de crédito como oferta, sem precisar dispor de nenhum dinheiro. No entanto, fique atento pois, ao ser contemplado, o valor obtido será menor pois parte dele já fora usado anteriormente no lance.

Por fim, o lance livre é o mais praticado e conhecido no Brasil. Nele, é possível dar até mesmo 100% do valor da carta de crédito, ganhando sempre quem oferecer a melhor proposta. Caso haja empate, a administradora irá fazer um sorteio ou adotar outro método capaz de verificar qual será o consórcio contemplado.

Principais diferenças entre consórcio e financiamento

Existem algumas diferenças básicas entre um consórcio e um financiamento imobiliário. A primeira delas diz respeito ao valor a ser pago mensalmente em cada prestação: enquanto o primeiro possui parcelas mais acessíveis, o segundo acaba ficando mais caro por conta dos juros e amortizações.

Resumidamente, o valor das parcelas do consórcio imobiliário é formado pela taxa administrativa, fundo de reserva e seguros que possuem as seguintes funções:

  • taxa administrativa: relativa aos gastos tidos pela administradora do consórcio durante a manutenção da sua carta crédito;
  • fundo de reserva: possui a função de cobrir quaisquer inadimplências surgidas ao longo do tempo,
  • seguros: garantia por morte, invalidez ou outros contratempos.

Talvez a semelhança existente entre os dois tipos de crédito diz respeito a análise de crédito. Ao ter sua carta contemplada no consórcio, a administradora irá verificar se a pessoa ou grupo possui condições suficientes para arcar com as demais prestações.

Após conhecer como funciona o consórcio de imóveis, chegou o momento de contratar esse tipo de crédito e adquirir sua nova casa. Por isso, cadastre-se já no site da Melhortaxa e receba toda a assistência necessária até o momento das assinaturas de contratação.

Veja Também