Como economizar na construção e na compra de materiais

Conheça maneiras sobre como economizar na construção e financiar a quantidade ideal de dinheiro a ser usado em uma obra.

Além da mão da obra, os materiais de construção são os principais custos de uma obra, mesmo que seja apenas uma reforma. Argamassa, tijolos, cimento, tintas e materiais de acabamento: tudo faz com que uma quantia razoável de dinheiro seja gasta. Por isso, é sempre importante buscar os melhores preços antes de comprar quaisquer itens.

Pesquisar em mais de uma loja é o principal, mas não é tudo. A melhor compra não apenas engloba os preços, como também as melhores condições de pagamento caso compre uma grande quantidade de itens naquele lugar. Confira sete dicas sobre como economizar na construção e fazer uma boa compra!

?

1- Saiba o quanto de material será necessário

Calcular o quanto de material será preciso durante uma construção ou reforma é muito importante pois, caso contrário, pode acabar faltando ou sobrando itens. Ao dar o acabamento em uma parede, por exemplo, é preciso comprar dois metros a mais caso algum revestimento quebre enquanto estiver sendo colocado.

A quantidade de material deve ser feita, de preferência, com a ajuda de um especialista. Assim, ficará mais fácil saber o quanto será utilizado na obra, evitar desperdícios e, consequentemente, solicitar um o crédito para construção adequado.

2- Pesquise e faça orçamentos antes de comprar

Antes de comprar qualquer material, recomenda-se visitar algumas lojas e verificar quais possuem os menores preços e condições de pagamento mais favoráveis. Para isso, leve sua lista de compras e peça um orçamento por escrito com todos os itens necessários.

Conseguir desconto de um grupo de materiais negociando em uma única loja tende a ser fácil do que fracionar a compra em diferentes locais. Tanto o preço quanto a comodidade podem ser mais atraentes no primeiro caso.

Assim, fica mais fácil descobrir quem oferece as melhores condições de negociação e solicitar um empréstimo para construção com instituições capazes de oferecer pequenos juros.

3- Atente-se quanto à qualidade dos materiais

Você já deve ter ouvido falar que adquirir materiais de construção em saldão pode ser mais vantajoso. Pois bem, muitas lojas costumam fazer promoções e queimas de estoque, sobretudo em determinadas épocas do ano, e pode ser uma boa chance de comprar os materiais por um preço menor.

Caso opte por essa opção, uma dica é dobrar a atenção quanto à qualidade dos materiais, pois, muitas vezes, eles podem estar deteriorados ou com pequenas falhas. Além disso, verifique se o estoque disponível na loja é suficiente a ponto de encobrir a metragem do ambiente a ser reformado.

4- Saiba qual é o melhor momento para comprar

Embora o ideal seja adquirir os materiais na mesma loja, facilitando a negociação e a obtenção de vantagens – como entrega gratuita –, não é recomendável comprar tudo ao mesmo tempo. Dependendo da situação, é melhor adquirir os itens aos poucos de modo a equilibrar suas despesas.

Cimento, cal, areia e pedra, por exemplo, devem ser comprados por etapas, de acordo com a necessidade. Lembre-se também que o cimento é um produto perecível, com data de validade e, por esses motivos, precisa ser adquirido na quantidade certa.

5- Negocie e tente ter desconto em alguns itens

Escolha a loja com os melhores preços sem deixar de lado a qualidade de seus produtos. Para os lojistas, é vantajoso ter um cliente que compre tudo no mesmo local e, por isso, muitos são abertos à negociação.

Dessa forma, você consegue obter ainda mais vantagens e, dependendo da situação, é possível ganhar frete gratuito e mais flexibilidade caso algo precise ser trocado.

6- Dependendo da situação, adquira materiais reutilizáveis

Hoje em dia, reutilizar alguns materiais de construção favorecem a sustentabilidade. Diante desse contexto, muitas demolidoras ou empresas do setor vendem itens, como madeiras, esquadrias e vidros já usados anteriormente, por um preço mais acessível.

Antes de fazer a compra desses materiais, não se esqueça de verificar suas procedências e checar se eles são de boa qualidade. Por meio do refinanciamento, você consegue obter até 50% do valor do seu imóvel e usá-lo na compra de itens de acabamento e mobiliário, além de contratar a mão de obra.

Após conhecer algumas dicas sobre como economizar na construção e reforma da sua casa, chegou o momento de verificar o quanto de dinheiro você precisa solicitar no refinanciamento. Se cadastrando no site da Melhortaxa, nossos especialistas irão te ajudar a analisar qual instituição possui os melhores juros do mercado de acordo com seu perfil.

Além disso, oferecemos gratuitamente toda a assistência necessária para você fechar negócio e poder construir ou reformar seu imóvel com total segurança. Faça já uma simulação!

Veja Também