Como conseguir empréstimo sem burocracia

Saiba como conseguir um empréstimo sem burocracias por meio de refinanciamento

Ao acumular dívidas e gastar todas as opções de recursos é comum que muitas pessoas pensem em como conseguir um empréstimo para equilibrar sua condição financeira e sair dessa situação. 

É comum que muitas pessoas busquem como pegar um empréstimo para contornar situações como essa. No entanto, a burocracia que envolve o processo faz com que muitos fiquem confusos e acabem escolhendo opções que não necessariamente são as melhores para o seu perfil econômico. 

Etapas para conseguir um empréstimo

Salvo os empréstimos pré-aprovados, como o cheque especial, a solicitação de um empréstimo é composta por algumas etapas básicas: simulação, solicitação, análise, assinatura do contrato e disponibilização do dinheiro. Conheça suas burocracias. 

A simulação de um empréstimo serve para que o solicitante perceba qual é o montante necessário, não correndo o risco de pedir muito mais ou menos do que precisa. Com a simulação também é possível perceber quanto de sua renda mensal pode ser comprometida com as parcelas de pagamento do empréstimo. 

Apesar de não parecer importante, a simulação é necessária para saber a viabilidade da operação conforme sua realidade financeira, assim como é um ótimo comparativo para perceber as diferentes condições oferecidas pelas instituições financeiras pesquisadas.  

Após ver qual das opções é a melhor e escolher uma instituição financeira, é hora de conseguir o empréstimo. Dependendo do tipo solicitado, assim como o tamanho da quantia, a forma de contato com o banco pode mudar, mas a solicitação geralmente envolve o internet banking ou conversar com o seu gerente.

Depois de receber o pedido, o banco requisita documentos para o solicitante para conferir seu histórico financeiro, sua real capacidade de pagamento, bem como seu score (nota de risco de crédito dada por órgãos de proteção ao crédito, como Serasa, por exemplo). Com isso, ele pode avaliar a viabilidade do empréstimo. 

É comum que durante o período de análise outros documentos sejam requeridos e, caso o banco acredite que a pessoa não terá condições de honrar a dívida, o dinheiro não será liberado. Isso é muito comum de acontecer com quem procura como conseguir um empréstimo com nome sujo, já que seu score está comprometido.

Caso a análise dos documentos prove que a pessoa possui condições para pagar e dificilmente se tornará inadimplente, o contrato do empréstimo é assinado entre as partes e, em seguida, a quantia é disponibilizada para o solicitante. Mas e quando não há outra opção? Conheça o refinanciamento de imóveis e automóveis.

Refinanciamento: um empréstimo sem burocracias

Você já ouviu falar no refinanciamento de imóveis e automóveis? Diferentemente do que o nome sugere e de como pegar empréstimo no banco, você não paga de novo por um bem que já é seu. No refinanciamento, o bem é dado como garantia para um empréstimo que tem como base o valor desse bem. 

Menos burocrático e mais acessível, o refinanciamento é uma boa opção para quem procura como conseguir um empréstimo rápido e de forma tranquila. Essa modalidade de empréstimo costuma contar com prazos mais flexíveis para pagamento, assim como taxas menores, facilitando o orçamento do solicitante. 

Confira abaixo algumas informações e diferenciações sobre essas duas modalidades de refinanciamento e como conseguir esse empréstimo de maneira prática e sem complicações. 

Refinanciamento de automóveis 

Para valores um pouco menores, é comum que o refinanciamento de automóveis seja escolhido. Nele, o carro do solicitante é avaliado e, caso preencha alguns requisitos — como ano de fabricação, estado de conservação e ausência de dívidas prévias —, pode ser refinanciado. 

Após a aprovação das condições prévias, o empréstimo é sacramentado com a assinatura do contrato. É através dele que todos os pormenores da transação, como as taxas e o prazo, são acordados e regulados. 

Refinanciamento de imóveis

Semelhante ao anterior, o refinanciamento de imóveis tem como característica a entrega de um bem como garantia para o empréstimo. Nesse caso, porém, o item atrelado à operação é um imóvel como uma casa ou um apartamento. As taxas e o limite de valor que pode ser emprestado são diferentes devido ao tipo do bem.

O imóvel passa por uma avaliação para que seu valor seja determinado. Com ela, é possível estimar se o valor solicitado pelo requerente será coberto pelo do bem ou não. Após essa avaliação, o empréstimo é avaliado e muito provavelmente é aprovado. 

Refinanciamento é na Melhortaxa

Se interessou pelo refinanciamento, mas ainda está com algumas dúvidas? A Melhortaxa pode te ajudar! Nós pesquisamos para você quais são as melhores condições do mercado, assim você pode escolher qual delas se adequa melhor à sua realidade financeira. Converse com um dos nossos especialistas! 

Veja Também