Assim como o financiamento imobiliário, o refinanciamento oferece várias vantagens para o consumidor. Além de taxas bem menores do que um empréstimo pessoal comum, essas modalidades de crédito ainda possibilitam parcelas bem maiores, por isso, entender como comprovar renda é imprescindível.

Holerites, folhas de pagamento e Imposto de Renda são exemplos de documentos usados para comprovar a capacidade do consumidor de pagar as parcelas do crédito.

Apesar de haver várias formas de garantir o pagamento, ainda há muitas dúvidas em como comprovar renda familiar, por exemplo. Por isso, confira o conteúdo abaixo e entenda mais sobre esse assunto e como facilitar a contratação de um empréstimo.

Entenda a necessidade de comprovar renda na aquisição de um financiamento

O processo de aquisição de um financiamento imobiliário acaba tomando tempo e envolvendo diversas burocracias inevitáveis ao cliente. No entanto, antes de fazer qualquer simulação junto às instituições financeiras, é necessário que o consumidor consulte vários sites e tenha em mente quais os imóveis de sua preferência.

Com isso, ele terá em mãos os valores necessários para tornar completa a simulação de financiamento e a quantia necessária para comprovar. Em geral, chega-se, nessa etapa, em um valor aproximado da parcela para a quitação do crédito a ser adquirido pelo cliente.

O próximo passo é o momento de apresentar todos os documentos requisitados pela instituição, isso inclui como fazer o comprovante de renda. Ou seja, garantir o pagamento para o banco.

Análise de crédito

É na análise de crédito que o seu orçamento será verificado. Isso quer dizer que é essencial que você tenha os documentos em ordem, como ter o comprovante de renda, já que será verificado se você possui condições de pagar as prestações do empréstimo solicitado.

como comprovar renda

O processo de comprovação de renda para autônomo

Tendo em vista a importância de dar uma garantia financeira ao credor, você sabe como comprovar renda de autônomo? Esse processo pode ser mais fácil do que pode parecer. No caso do autônomo, existem quatro formas de comprovar renda:

  • Extrato bancário;
  • Declaração de Imposto de Renda;
  • Recibos emitidos,
  • Decore (Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos).

Assalariado, rentista ou aposentado

O processo, no entanto, diferencia-se de acordo com a qualificação profissional do cliente interessado no crédito. Para quem trabalha de forma assalariada e registrada, por exemplo, o trâmite é mais fácil: basta levar a própria carteira de trabalho e cópia da declaração do Imposto de Renda e dos últimos três holerites.

Já se a pessoa for aposentada ou pensionista, além da cópia do Imposto de Renda — que será obrigatória em todos os casos —, é necessário levar o comprovante de recebimento do benefício dos últimos três meses e, também, uma declaração do órgão previdenciário.

Agora, se o financiamento for requisitado por um rentista, apenas o IR bastará em relação a como comprovar renda. Enquanto os trabalhadores rurais, diferentemente de todas as outras categorias de cliente, podem acabar necessitando de outros documentos para comprovar sua renda, como o Decore.

Precisando de ajuda no seu financiamento? Procure a Melhortaxa!

Além de entender como comprovar renda em seu financiamento ou refinanciamento imobiliário, a Melhortaxa pode te ajudar em diversas outras áreas financeiras, basta acessar o nosso blog.

Acesse o site da Melhortaxa e confira também os nossos serviços de assessoria. Nós facilitamos o seu acesso às melhores oportunidades de taxas de juros com somente alguns cliques. Faça a sua simulação e aproveite!

LEAVE A REPLY

Coloque seu comentário
Please enter your name here