Como calcular juros simples e seu impacto em financiamentos

Saiba como calcular os juros simples e entenda como eles afetam as transações financeiras da sua vida

Para compreendermos como calcular juros simples, precisamos entender primeiro o que são os juros e como eles afetam a nossa vida. Os juros são uma compensação para o credor, pelo tempo pelo qual o dinheiro ficará emprestado e, portanto, não poderá ser utilizado. 

Essa compensação é uma espécie de rendimento para aquele que emprestou o montante. Por esse motivo os juros também são conhecidos como um tipo de “aluguel” pago pelo dinheiro que foi cedido.

O que são os juros simples?

Os juros também podem ser definidos como o rendimento de uma aplicação financeira. Matematicamente, eles se dividem em simples e compostos. O primeiro tem base no valor original da transação, enquanto o segundo se baseia no rendimento mensal de outros juros, também sendo conhecido como juros sobre juros.

Atualmente, é mais comum que os juros compostos sejam utilizados em quase todas as transações, pois geram alta rentabilidade para as instituições financeiras. De qualquer forma, é importante saber como calcular os juros simples, já que eles afetam os juros compostos e, por consequência, praticamente todas as transações. 

Como calcular os juros simples? 

A conta pode ser feita de várias formas: você pode calcular os juros simples online, através de calculadoras e até mesmo consultando especialistas. Independentemente de como o cálculo é feito, vale saber que ele se dá com base no valor inicial da dívida. 
 
Cálculo de juros simples – Os juros simples são calculados segundo a seguinte fórmula: J = C x i x t, onde:
J = juros
C = capital
i = taxa de juros
t = tempo de aplicação (mês, bimestre, trimestre, semestre, ano...)
 
Esse resultado dá os juros da operação. Para saber o montante produzido ao final de determinada operação, é preciso aplicar esse valor em uma segunda fórmula:
M = C + J, onde:
M = montante final
C = capital
J = juros
 
Confira um exemplo:
Qual será o montante produzido por um capital de R$ 1.200,00, durante 10 meses, a uma taxa de juros de 2% ao mês?
Capital: 1200
i = 2% = 2/100 = 0,02 ao mês (a.m.)
t = 10 meses
 
J = C x i x t
J = 1200 * 0,02 * 10
J = 240
 
M = C + J
M = 1200 + 240
M = 1440
O montante produzido será de R$ 1.440,00. 

Juros simples e os financiamentos

Os juros simples e os compostos estão diretamente ligados e se afetam mutuamente. Ao fazer um financiamento, o contratante deve procurar sempre as melhores opções e ter em mente que os juros serão pagos ao longo de muitos anos, acompanhando-o durante todo o tempo da transação. 

Saber calcular juros simples e até mesmo os juros compostos ajuda o contratante a entender melhor quanto realmente será gasto na transação, assim como se ele possui real capacidade para arcar com o financiamento ao longo dos próximos 30 ou 35 anos. 

 

Os melhores juros são na Melhortaxa! 

Buscando financiamento imobiliário, mas não sabe quais são as melhores condições para você? A Melhortaxa compara as taxas das instituições financeiras parceiras e indica a opção mais adequada para o seu perfil, sem cobrar nada por isso. Converse com um dos nossos especialistas e saiba mais sobre os nossos serviços! 

 

Veja Também