Entenda a importância do laudo de vistoria de imóvel

Ter a certeza de que o imóvel adquirido está em perfeitas condições de uso garante sua segurança e conforto


A vistoria de imóvel é algo indispensável na compra de uma residência. Além de garantir a segurança dos novos moradores, a ação evita transtornos se houver algum dano durante a negociação de compra ou aluguel do espaço. 

No entanto, muitas dúvidas ainda cercam o assunto, como o que deve ser priorizado  e quem deve assumir os custos de possíveis reparos. Confira, a seguir, essas e demais informações importantes sobre o tema. 

O que é o laudo de vistoria de imóvel

O laudo de vistoria do imóvel é um documento que atesta a condição do empreendimento no momento da compra ou locação. Nele, constará detalhadamente as condições das dependências da casa ou apartamento, no momento de sua entrega.

No caso de aluguel, ele certifica os possíveis danos já existentes no imóvel, bem como as reformas antes de receber seu novo morador. Nesse caso, a vistoria do imóvel é de grande importância, uma vez que ele deverá ser devolvido nas mesmas condições em que foi entregue.

Já o laudo de vistoria de imóvel novo — como o caso de um apartamento que foi comprado na planta — é necessário para garantir a segurança dos novos habitantes. Toda sua estrutura será analisada minuciosamente junto com os sistemas hidráulicos e elétricos. 

O que deve ser analisado

Tanto a parte interna quanto a parte externa da propriedade passam por análise. No laudo de vistoria técnica do imóvel devem constar o detalhamento das condições de pinturas, possíveis rachaduras, sistemas hidráulico e elétrico e demais detalhes menores que acabam fazendo toda a diferença.

Revestimento

Os revestimentos de piso, azulejo e paredes são analisados durante a vistoria. No documento, é atestado se há rachaduras nas paredes ou se há alguma peça de azulejo ou piso faltando no imóvel. 

É visto, ainda, se há algum defeito nas cerâmicas utilizadas, manchas, pontos de mofo e possíveis imperfeições nos pisos — quando de materiais como madeira — assim como falhas ou falta de rejuntes. 

Pintura 

Na pintura externa e interna são estudadas a presença de manchas ou pontos de bolor (que podem indicar pontos de infiltração). É visto, ainda, se as paredes não possuem estufamento ou ondulações.

Fachada

Tudo que envolve a segurança do imóvel - como portas, janelas, portões e grades - é verificado. Desde seu funcionamento, como portões automáticos, até seu estado de conservação são detalhados no contrato de vistoria do imóvel. 

Sistema hidráulico

Neste ponto, é verificado se há algum vazamento ou entupimento nas instalações. Todas as torneiras são abertas, e as descargas, acionadas. O estado do encanamento e dos ralos também é analisado para confirmar que não estejam obstruídos.

Sistema elétrico

Analisa-se se há fios soltos ou expostos, se a caixa de força está em boas condições e se todos os interruptores estão instalados e funcionando corretamente. É importante se certificar de que há fio terra no imóvel, para a segurança em caso de queda de raios.

Em caso de imóveis usados, é necessário informar se foi realizada alguma reforma no sistema elétrico, pois, dependendo da idade do imóvel, é necessário que a fiação seja refeita ou trocada. Já em caso de apartamentos, são analisadas as condições dos extintores.

Material utilizado

O comprador deve ter em mãos o memorial descritivo do imóvel que acabou de comprar. Isso porque, no documento, constará todo o material utilizado na construção do empreendimento, além de demais especificações de sua planta apresentados no momento da aquisição. 

No caso de avarias do imóvel

No caso de algum dano encontrado durante a vistoria do imóvel, a construtora tem o prazo de seis meses para efetuar os reparos após a entrega das chaves. O mesmo vale para alguma divergência relacionada ao acabamento da propriedade. 

Para realizar uma vistoria de qualidade, conte com a ajuda de um profissional de sua confiança. Dessa forma, problemas poderão ser evitados e, assim, haverá a garantia da entrega de uma residência em perfeito estado.

Conte com a ajuda de especialistas

A aquisição ou o aluguel de uma residência podem se tornar burocráticos devido à quantidade de documentos necessários para sua regularização, como, por exemplo, o laudo de vistoria de imóvel. 

Então, para resolver alguns pontos de forma mais simples, como a busca pelas melhores taxas de juros de financiamentos e melhores condições, conte com a ajuda dos profissionais da Melhortaxa. Nossos especialistas estão à disposição para esclarecer dúvidas e oferecer as melhores pesquisas de valores para o seu perfil.

Veja Também

Mais lidos