6 dicas para fazer obras sem estourar o orçamento de reforma

Seguindo esses passos, você vai ter uma casa nova e confortável sem gastar muito

Para quem quer dar uma cara nova ao lar, deixá-lo mais moderno ou ajustar problemas técnicos do imóvel, estar bem informado sobre o processo da reforma é fundamental. Muitas vezes, surgem dúvidas sobre como realizar a mudança de forma rápida, organizada e sem estourar o orçamento de reforma.

Dois detalhes são importantes para evitar transtornos na hora de reformar: o planejamento e as etapas de como fazer orçamento de reforma

Veja os passos fundamentais para que você consiga deixar o seu imóvel ainda mais confortável e com a sua cara sem comprometer a sua renda! A Melhortaxa tem ótimas soluções para isso, como o refinanciamento imobiliário.

1. Determine o que será reformado

Antes de começar a quebrar paredes e tirar azulejos, você deve definir o que será reformado. Isso vale tanto para quais os cômodos, como o tipo da reforma construção.

Evite se empolgar e estender a reforma para cômodos fora do planejado inicialmente. Isso aumentará o orçamento da reforma e você pode se perder.

Além disso, fique atento à complexidade da obra e se envolve tarefas secundárias, por exemplo, ao quebrar uma parede será necessário rever o sistema elétrico ou hidráulico da residência.

Se sim, veja se será preciso ajustar detalhe com a prestadora de serviços ou, se for prédio, com a administradora do condomínio.

2. Defina a lista de materiais

Na hora de comprar os materiais, converse antes com o engenheiro da obra, o pedreiro e o pintor para definir exatamente o que precisa e evite gastar com itens que não serão utilizados.

Também pode ser uma boa dica contratar um decorador de ambientes. A mão de obra já deve estar inclusa no orçamento de obras.

Lembre-se de listar todos os materiais e busque realizar a compra de uma única vez. Assim, fica mais fácil pedir descontos na loja. Vale analisar a escolha do produto pelo tipo de obra.

Materiais mais delicados, como o porcelanato, encarecem a mão de obra, já que precisam de mais cuidado e tempo para colocação, enquanto outros materiais são mais fáceis de manusear e requerem menos aparelhagem e técnicas. Aplicativos ajudam a encontrar os profissionais que você precisa.

?

3. Faça pesquisa de preço

É fundamental, no momento de reformar, não ter pressa e comprar os materiais com calma para cotar preços.

Isso não quer dizer que você deve economizar e adquirir produtos baratos. Preze sempre pela qualidade, assim, você evita gastar mais que o orçamento da reforma previsto por ter de comprar algum produto novamente.

Separe um tempo para pesquisar e converse com os profissionais da obra e amigos que reformaram recentemente. Trocar dicas é uma ótima forma de manter o orçamento da pintura ou da construção dentro do planejado.

4. Crie um cronograma

Às vezes, pode acontecer de você decidir reformar toda a casa de uma vez ou, após reformar o quarto, decidir mudar algumas coisas no banheiro. No entanto, a recomendação é que você crie um cronograma e siga o planejado.

Estime o tempo de obra, elenque as prioridades e também vale verificar se é um período do ano mais chuvoso. Nestes casos, a obra pode levar mais dias, pois precisará de período de pausas. Acerte os detalhes com os construtores antecipadamente.

5. Avalie o comprometimento de renda

Segundo diversos consultores financeiros, o gasto com a obra não deve ser maior que ? do seu orçamento. Para quem prefere organizar em termos de porcentagem, recomenda-se que 50% da renda seja para contas básicas, como financiamento do imóvel, veículo, supermercado, farmácia e cobranças de serviços.

Outros 15% podem ser usados para investimento e os 35% restantes são reservados ao lazer e gastos extras. Em um cenário de obras, você pode se organizar com esses 50% e distribuir parte para o orçamento de reforma.

6. Encontre a melhor forma de pagamento

Quando você vai gastar um alto valor, na maioria dos casos, compensa pagar à vista. Se você não tem todo o valor da obra e pensa em parcelar no cartão de crédito ou solicitar empréstimo pessoal, saiba que há opções melhores de empréstimo para reforma.

Uma das melhores opções do mercado, o refinanciamento imobiliário possui juros baixos e é uma ótima opção para quem deseja pagar com um bom prazo. O processo ocorre com o imóvel como garantia. Tire suas dúvidas com a equipe Melhortaxa.

Veja Também